Skip to Menu Skip to Search Contacte-nos Portugal Websites & Idiomas Skip to Content

Os eventos ocupam espaço e tempo na vida de todos, na medida em que são acontecimentos importantes na realidade pessoal, social e profissional.

É inquestionável a importância dos eventos na atualidade, quer em âmbito privado quer em âmbito público. Nenhuma atividade está isenta de riscos e, no âmbito dos eventos, risco é qualquer incidente que possa influenciar negativamente este acontecimento. 

Na nossa perspectiva, a apólice de seguro para grandes eventos deve contemplar três pilares fundamentais de coberturas, a saber:

Responsabilidade Civil - Toda empresa está exposta a riscos em termos de responsabilidade direta ou indireta, individual ou solidariamente, provenientes das suas atividades, produtos, serviços, parcerias ou mesmo colaboradores. Muitas vezes não é conhecida pela empresa a extensão ou mesmo a própria existência dos prejuízos que podem ser causados por esses riscos. 
A responsabilidade civil garante desde a instalação, montagem, bem como a desmontagem, garantindo o reembolso por danos involuntários materiais e/ou corporais causados a terceiros por acidentes com as atividades exercidas pela produção e realização do evento. Também deve garantir os reembolsos relativos a morte e invalidez permanente dos empregados, quando a serviço do segurado, bem como os eventuais danos involuntários a equipamentos e instalações de terceiros que estão alocados para a realização do evento.  

Não devemos descurar algumas ocorrências que embora possam acontecer fora do local do evento, poderão estar diretamente relacionadas com o mesmo, mais concretamente o estado de conservação e condições de segurança dos acessos e parques de estacionamento destinados exclusivamente ao evento.
Quando o promotor/segurado tiver à sua responsabilidade o fornecimento de quaisquer produtos alimentares, deve ser equacionado a contratação da cobertura de responsabilidade civil extracontratual por intoxicação alimentar, que garante o pagamento, até ao limite do valor fixado nas condições particulares, da responsabilidade civil extracontratual imputável ao Segurado por danos causados por intoxicação alimentar provocada por bebidas e/ ou alimentos preparados e/ou fornecidos pelo Segurado.

Acidentes pessoais – É nosso entendimento que deve ser contratada uma apólice que garanta eventuais prejuízos decorrentes de acidentes, tanto com o público como com as equipas de produção e montagem do espetáculo, com coberturas para morte acidental, invalidez permanente, mas também despesas médicas e hospitalares.

Multirriscos Empresa – Esta apólice contempla habitualmente um conjunto de coberturas base, pré-definidas pelas seguradoras, podendo, no entanto, ser contratadas coberturas complementares. Tem como objetivo garantir a segurança e proteção do património, devendo prever coberturas especiais para as necessidades de cada segmento.

Este produto contempla habitualmente um conjunto de coberturas base e pré-definidas pelas seguradoras, que garante os riscos no(s) conteúdo(s) e no(s) imóveis, fixos ou móveis. Sobre a segunda opção poderá encontrar-se alguma resistência por parte das seguradoras, dado a imprevisibilidade desta estrutura face à ocorrência de eventuais intempéries, devendo por isso ter-se em atenção aquando da contratação, de identificar o tipo de construção, bem como o seu estado de conservação.

Em relação aos conteúdos, onde se inclui, mobiliário, (móveis, balcões, armações, adornos, …), equipamento elétrico/eletrónico; programas informáticos correntemente comercializados (software,…), bem como outros equipamentos próprios da atividade segura (aparelhos, motores, máquinas, ferramentas e utensílios oficinais ou industriais). Deverão igualmente ser consideradas, embalagens, mercadorias e/ou artigos do negócio do Segurado; mercadorias de terceiros que estejam temporariamente no local de risco; bem como eventuais benfeitorias efetuadas a expensas do Segurado, não sendo este o proprietário do edifício identificado nas Condições Particulares, desde que se encontrem discriminadas e valorizadas no contrato.

Consideramos importante que deve ser equacionada a contratação de cobertura de valores em caixa, cofre e em trânsito, bem como a quebra de vidros, espelhos, letreiros e anúncios luminosos. Algumas seguradoras estarão disponíveis para analisar a cobertura contra cancelamento, adiamento e interrupção de eventos e, em casos extremos, de perda forçada de público.
Havendo muito a explanar sobre esta atividade, aquando da contratação da apólice de seguro, sugerimos a atenção a algumas exclusões previstas nas cobertura, nomeadamente de tempestade, para o caso do(s) imóveis e a quebra ou queda acidental, no caso da cobertura de riscos elétricos, mas mais em concreto para avaria de máquinas, a cobertura de valores em caixa, cofre e em transito, nomeadamente quando estamos perante as horas da ocorrência do evento e/ou da capacidade  do cofre, entre outras…

Como nota final, o objetivo deste artigo é tão só alertar para algumas particularidades dos contratos de seguro para esta atividade, sendo claro para nós que ficou ainda muito por dizer sobre o tema.

Nesta perspetiva, a SGS acrescenta uma nova proposta de valor à sua oferta atual de soluções, tendo atualmente disponíveis novos serviços de apoio a organizações que pretendam avaliar a proteção atual da organização ou do(s) seu(s) evento(s), permitindo concluir se esta(s) cumpre(m) os objetivos para a redução de risco. 
Em caso de sinistro, disponibilizamos uma equipa técnica que acompanha o segurado na avaliação dos danos e no seu enquadramento na apólice de seguro de forma independente.

Para mais informações, por favor contacte: 
tel: 808 200 747 (Seg. a Sex. das 9h às 18h) 
@: pt.info@sgs.com