Skip to Menu Skip to Search Contacte-nos Portugal Websites & Idiomas Skip to Content

Controlo de produtos alimentares "fingerprinting" – verifique a origem e a autenticidade dos seus alimentos com uma análise isotópica.

A fraude alimentar é um problema cada vez maior em todas as fases da cadeia de fornecimento de alimentos e bebidas. Com os consumidores cada vez mais vigilantes relativamente à segurança, qualidade e origem dos alimentos que compram, as empresas devem ser capazes de garantir a precisão das informações exibidas no rótulo. O controlo alimentar através da utilização de análises isotópicas para determinar a autenticidade dos ingredientes, pode ajudar a proteger a reputação da sua empresa e a promover a fidelidade dos clientes.

As fraudes alimentares são cada vez mais comuns

São utilizados vários métodos de fraude alimentar que têm como único objetivo o lucro fácil. Alguns deles são a rotulagem enganosa, a falsificação (ou o não fornecimento de documentação), a utilização de processos não aprovados, a substituição, diluição ou adição de ingredientes a um produto, sem declarar tal prática. Uma vez que os ingredientes dos fornecedores nacionais (ou de regiões geográficas específicas) geralmente têm preços altos, os agentes fraudulentos podem utilizar ingredientes oriundos de áreas onde os preços são mais baixos ou substituí-los por substâncias sintéticas. Alguns dos itens alimentares frequentemente adulterados ou falsificados são: azeite, leite, mel, sumo de laranja, peixe, café, ervas e especiarias.

Por que escolher o controlo alimentar da SGS?

O controlo alimentar "fingerprinting" é o processo de identificação da impressão digital isotópica única de um ingrediente, utilizando a espectrometria de massas de razão isotópica (IRMS). Esse despiste inclui até cinco elementos-chave – carbono, nitrogénio, oxigénio, hidrogénio e enxofre – cada um dos quais afectados pela materia de origem, pelo processo de produção e pelas condições ambientais específicas do local de origem. É, portanto, exclusivo para cada ingrediente, e pode ser utilizado para determinar onde foi produzido e qual o processamento submetido.

O controlo alimentar "fingerprinting" pode ser utilizado para:

  • Verificar a origem geográfica de um ingrediente
  • Testar a autenticidade dos ingredientes rotulados como naturais
  • Identificar os aditivos não declarados, tal como o açúcar
  • Detetar a utilização de fertilizantes sintéticos em produtos orgânicos

Isso ajudará a:

  • Evitar fraudes nos alimentos
  • Reduzir riscos
  • Manter o controlo total da cadeia de fornecimento
  • Fortalecer a sua reputação
  • Aumentar a fidelidade dos clientes

Criar uma experiência única nos testes aos alimentos

Somos líderes mundiais em inspecções, verificações, testes e certificações, com uma rede global de laboratórios alimentares para garantir segurança, qualidade e sustentabilidade dos seus alimentos. Podemos ajudá-lo a assegurar a conformidade com os regulamentos e o cumprimento das exigências do consumidor.

Contacte-nos hoje mesmo para saber mais.