Skip to Menu Skip to Search Contacte-nos Portugal Websites & Idiomas Skip to Content

A Diretiva REEE (Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos) atribui a fabricantes, importadores e varejistas a responsabilidade pela gestão de REEE. A SGS pode ajudar a sua empresa a desenvolver e implementar uma estratégia de conformidade.

Adotada pela União Europeia (UE) em 2003, a primeira Diretiva REEE, a 2002/96/EC, visa minimizar o impacto ambiental do descarte de equipamentos eletroeletrônicos, ao fazer com que os fabricantes, revendedores e importadores, responsáveis pela sua coleta, os reutilizem, reciclem e recuperem. Ela foi revisada, tendo a nova Diretiva REEE, a 2012/19/UE, entrado em vigor em 14 de fevereiro de 2014.

Normas de regulação similares existem em alguns países fora da UE.

Nossos especialistas fornecem um serviço individual para adaptar e confirmar os processos aos requisitos de cada país. Podemos ajudá-lo a analisar os requisitos aplicáveis e a implementar uma solução de conformidade REEE pragmática, que abranja, conforme aplicável, informações aos usuários, rotulagem, registro, comunicação, cumprimento de obrigações de aceitação de devolução e indicação de Representantes Autorizados.

Com uma rede global de escritórios e especialistas, a SGS oferece recomendações totalmente independentes e irá adaptar recomendações legais, técnicas e práticas, para que você possa definir uma estratégia REEE eficiente.

Entre em contato para saber como a SGS pode ajudar sua empresa.

Além disso, a diretiva RoHS da UE (2011/65/EU) restringe o uso de determinadas substâncias perigosas em produtos eletroeletrônicos. Ela substitui a primeira diretiva RoHS (2002/95/EC), que foi revogada em 2013. Para obter informações sobre nossos serviços relacionados à diretiva RoHS, visite nossa página correlata.