Skip to Menu Skip to Search Contacte-nos Portugal Websites & Idiomas Skip to Content

O laboratório da SGS em Oignies, França, é o primeiro laboratório independente na Europa a medir a suavidade de produtos de higiene descartáveis usando equipamentos especializados que reproduzem a perceção do toque humano.

Teste Suavidade Produtos de Higiene

Este investimento beneficia o setor, fornecendo:

  • Dados mais objetivos
  • Produtos mais macios para os consumidores
  • Uma vantagem competitiva para os fabricantes

Já reconhecido como referência internacional para testar e medir o desempenho de produtos de higiene descartáveis (fraldas de bebés, higiene feminina e todos os outros tipos de produtos absorventes), o laboratório da SGS em Oignies está a estender a sua experiência oferecendo aos seus clientes - fabricantes, distribuidores e associações de consumidores - tecnologia inovadora para medir a suavidade de um material ou produto.

Até agora, a suavidade de um produto era avaliada apenas em painéis. Onda os resultados das avaliações eram muito subjetivos.

"Para concluir esta abordagem, decidimos investir num novo equipamento que mede alguns parâmetros, incluindo o nível de fibras sonoras e textura do material, para determinar a percepção da suavidade de um produto", explica Vincent Bernus, diretor de cosméticos, cuidados pessoais da SGS & Doméstico.

"Isto permite-nos industrializar e controlar todo o processo, para obter dados mais objetivos e ao mesmo tempo aumentar nossas capacidades de controla da qualidade", diz Cédric Schoorens, gerente técnico da Divisão de Higiene da SGS.

Cada protocolo de teste é exclusivo e aplica-se a um único produto. A interpretação dos dados é realizada através de um algoritmo desenvolvido especificamente por especialistas da SGS. Atualmente, estão a ser testados lenços de papel, fraldas para bebês (véu interno / externo e laços extensíveis), produtos de higiene e incontinência feminina.

"Mas este é apenas um primeiro passo. Essa aquisição destaca o trabalho colaborativo do Grupo SGS. De fato, a máquina pode ser usada para outros materiais e por outros laboratórios em França e na Europa", diz Cédric Schoorens.

"O nosso objetivo, até 2020, é mapear todo o mercado europeu e, de seguida, a Ásia para eventualmente se tornar o líder mundial em suavidade", entusiasma Vincent Bernus.