Skip to Menu Skip to Search Contacte-nos Portugal Websites & Idiomas Skip to Content

A SGS esteve responsável pela fiscalização e coordenação da segurança na obra de reabilitação realizada ao Mercado Municipal de V. N. de Famalicão.

Mercado de Famalicão

Enquadramento Histórico

Inaugurado a 21 de setembro de 1952, a construção do mercado municipal de Vila Nova de Famalicão teve um duplo objetivo, por um lado, o de descongestionar o antigo campo da feira (atual praça D. Maria II) e, por outro, o de tornar esse espaço mais agradável e com melhores condições de higiene.

Depois de um período áureo, o mercado apresentava-se à data da intervenção como um espaço obsoleto e sem uma dinâmica capaz de atrair novos e diversificados consumidores.

Enquadramento Urbano

O edifício principal é constituído por três corpos retangulares, adossados entre si, e um torreão que possui o brasão da cidade e marca a transição entre a praça D. Maria II e a rua capitão Manuel Carvalho.

A uma cota superior, o acesso ao pátio (Praça) do mercado é feito por duas entradas, a Norte, pela rua capitão Manuel Carvalho e a Poente, pela praça D. Maria II. 
O pátio, a uma cota inferior, era apoiado por três edifícios destinados à venda de carne, peixe e fruta.

O volume principal, que em projeto foi mantido e reabilitado, assume em planta a forma de linha quebrada, sendo que a uma cota superior acompanha a frente de rua e os espaços interiores são ocupados por diversos estabelecimentos comerciais (lojas de rua).

Conceito

A intervenção sobre o Mercado Municipal de Vila Nova de Famalicão visou a sua reabilitação, tendo como premissa a valorização do seu caráter arquitetónico e a melhoria das condições existentes.  

Deste modo, além da intervenção sobre o edifício existente, foi construído um novo corpo em estrutura metálica, garantindo a capacidade de atender às necessidades do mercado permanente e cíclico, e ainda permitir a abertura de uma nova frente urbana para a avenida Marechal Humberto Delgado e Praça Mouzinho de Albuquerque.

O revestimento deste novo corpo garante o sombreamento e impermeabilização do espaço e, tem como referência, o módulo triangular do torreão preexistente, como meio para uma maior integração na envolvente.

Papel da SGS

Algumas das atividades que a SGS realizou na Fiscalização de Obra e Coordenação de Segurança em Obra foram:

  • Análise detalhada do Desenvolvimento do Plano de Segurança e Saúde (DPSS) para a execução da obra apresentado pelo empreiteiro ao verificar a sua adequabilidade, promover as revisões necessárias, assim como proceder à sua validação técnica para aprovação do DO;
  • Preparação de toda a documentação legal obrigatória no âmbito da Segurança, Higiene e Saúde no trabalho em estaleiros de construção, designadamente a comunicação prévia à Autoridade das Condições de Trabalho (ACT) do início da empreitada;
  • Acompanhamento da execução dos trabalhos e verificação do cumprimento do projeto;
  • Análise detalhada do Plano de Trabalhos apresentado pelo empreiteiro e consequente emissão de parecer sobre o documento;
  • Gestão do plano da qualidade da obra nomeadamente pedidos de esclarecimentos e pedidos de aprovação de materiais;
  • Controlo financeiro da empreitada;
  • Fecho da empreitada: relatório final e conta final.

fiscalização obra mercado famalicão   obra mercado famalicao

SOBRE NÓS

Somos a SGS - a empresa líder mundial em testes, inspeção e certificação. Somos reconhecidos como a referência mundial em qualidade e integridade. Os nossos 89.000 colaboradores operam numa rede de 2.600 escritórios e laboratórios, e trabalham em conjunto para possibilitar um mundo melhor, mais seguro e interligado.